Taxa de desemprego estagnada em 6,5%

A taxa de desemprego mensal estagnou em Março em 6,5%, A expectativa é que em Abril suba para 6,7%, adianta o INE. Os números do INE revelam que em Março tanto a população empregada, como a desempregada diminuíram: ou seja, houve menos pessoas a participar no mercado de trabalho (face a Fevereiro, houve menos 12,2 mil pessoas consideradas como população activa). Mas o número de empregados recuou mais do que os desempregados. Enquanto a população desempregada recuou 0,7%, o equivalente a 2,2 mil pessoas, o número de trabalhadores diminuiu 0,2%, que corresponde a menos 10 mil pessoas com emprego.

Aeroporto de Lisboa terá abastecimento por oleoduto em 2021

Oleoduto vai estar construído até ao final do primeiro semestre de 2021 e representa um investimento de cerca de €40 milhões. Oleoduto para abastecer o aeroporto de Lisboa avi aproveitar uma conduta de água existente, num investimento de cerca de 40 milhões de euros para estar concluído em 2021. A conduta do Alviela, da EPAL, que passa tangente à CLC [Companhia Logística de Combustíveis, em Aveiras] e vai até dois a três quilómetros do aeroporto [de Lisboa]. Está neste momento a ser desactivada”.

INE confirma aceleração do PIB no arranque de 2019

O INE confirmou a aceleração do PIB no arranque de 2019. Foi o investimento em construção e em outras máquinas e equipamentos a dar gás à economia portuguesa. A economia portuguesa cresceu 0,5% no primeiro trimestre de 2019 face ao quarto trimestre do ano passado (0,4%). Em termos homólogos, o crescimento foi de 1,8%, acima dos 1,7% do trimestre anterior. O Governo prevê que o PIB cresça 1,9% este ano, uma estimativa que foi revista em baixa no Programa de Estabilidade 2019-2023 divulgado em Abril face ao Orçamento do Estado para 2019 (2,2%).

Taxa de inflação cai para 0,5% em Maio

A taxa de inflação caiu, em Maio, muito devido à evolução dos preços da energia, cujo aumento foi bastante inferior ao de Abril. A taxa de inflação caiu para 0,5% em Maio, de acordo com os dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). Em Abril a taxa de inflação tinha descido para 0,8%. A contribuir para este desempenho dos preços no consumidor terá estado o índice de preços nos produtos energéticos que “terá diminuído de 1,1% em Abril para 0,1% em Maio”, revela o INE.

Actuação do Fisco motiva 96 queixas para a Provedoria da Justiça

A Provedoria de Justiça recebeu 344 queixas sobre execuções fiscais em 2018. Dois terços destas dizem respeito à actuação da Segurança Social. A Provedoria de Justiça recebeu 96 queixas sobre a actuação do Fisco em execuções fiscais em 2018, menos do que no ano anterior. No ano passado foram apresentadas 2.854 queixas sobre Segurança Social à Provedora de Justiça, que representam a maior fatia: 30% do total. Nas centenas de queixas dirigidas à provedoria de Justiça os cidadãos manifestam o prejuízo, o desespero e a angústia que estes atrasos comportam para si e para os respectivos agregados familiares.

Insolvências no Reino Unido deverão aumentar 7% este ano

A incerteza em torno do Brexit fez com que empresas, em especial as grandes empresas internacionais, adiassem as suas decisões de investimento, o que tem um impacto significativo nas empresas mais pequenas da cadeia de fornecimento e sublinha que “os sectores da construção civil e do retalho são os mais afectados pelo aumento das insolvências”. Estas perspectivas assentam no princípio de que haverá um Brexit ordenado e na subsequente aceleração do crescimento no segundo semestre de 2019, apoiada num maior poder de compra das famílias, na recuperação dos investimentos e num aumento da despesa pública. “Um Brexit desordenado conduziria imediatamente a uma revisão em baixa destas previsões”.

Portugal cai seis posições no ranking mundial de competitividade

O país regista este ano a maior queda na Europa, para a 39.ª posição, regressando aos lugares ocupados em 2016 e 2017. Singapura no topo da lista. Portugal menos competitivo” por falta de ligação ferroviária a Espanha. No ano passado, Portugal ficou em 33.º lugar entre 63 economias, a melhor posição desde 2004, quando pontuou no 32.º. O IMD aponta dois factores para explicar esta queda acentuada: a educação e a transformação digital das empresas.

Estado disponibilizou 23 mil milhões a bancos entre 2007 e 2018

O Estado disponibilizou 23,8 mil milhões de euros a sete instituições bancárias, entre 2007 e 2018, de acordo com o relatório extraordinário relativo a instituições de crédito que recorreram a fundos públicos, elaborado pelo Banco de Portugal (BdP). O documento mostra que os bancos mais beneficiados foram a Caixa Geral de Depósitos, com 6,25 mil milhões de euros e o antigo BPN, com 4,91 mil milhões de euros.

Estado só recuperou 5,3 mil milhões de euros das ajudas à banca

Únicas instituições bancárias que já devolveram a totalidade do que o Estado lhes disponibilizou foram o BCP (3 mil milhões) e o BPI (1,5 mil milhões). O Estado só recuperou perto de 5,3 mil milhões de euros de um total de 28,3 mil milhões de euros em auxílios concedidos à banca entre 2007 e 2018, segundo o Banco de Portugal (BdP). No caso do Banif, o Estado recuperou 275 milhões de euros e 136 milhões de euros que foram reembolsados pelo Fundo de Resolução. O banco foi alvo de uma injecção de 3,35 mil milhões de euros.

Fisco cobra dívidas na auto-estrada. Quem não pagar fica com o carro penhorado

A iniciativa “Acção sobre Rodas” da Autoridade Tributária controla na auto-estrada quem tem dívidas ao fisco. Quem não pagar, fica sem o carro até pagar. O controlo dos devedores está a ser feito através de um sistema informático, que se encontra montado em mesas em tendas colocadas na rotunda da Auto-estrada 42 (A42). O sistema informático cruza dados através das matrículas das viaturas e compara-os com a existência de dívidas ao fisco.