Trabalhadores em ações de formação vão receber mais

As empresas e trabalhadores que adiram a programas de formação organizados pelo IEFP vão passar a receber mais do que até aqui. A opção depende da empresa. Assim, o trabalhador passa a receber 176 euros em vez dos anteriores 66 euros, enquanto o empregador recebe 131 euros por cada trabalhador envolvido. Está previsto que o apoio vigore até ao final do ano, embora o Governo admita vir a estender as medidas em função da evolução da situação económica.

Please Login to Comment.