Empresas mantêm intenção de aumentar salários em 2% apesar da pandemia

Os empregadores portugueses continuam a querer elevar em 2% os salários dos funcionários pese embora o impacto da crise sanitária. O estudo explica que apesar de a incerteza causada pela pandemia da covid1-19 ter interrompido “os planos e orçamentos já feitos pelos empregadores para 2020”, estas entidades poderão “ficar mais bem preparadas para planear 2021 através do uso de dados integrados e recentes que lhes permitem tomar decisões”. No entanto, 35% dos empregadores nacionais inquiridos responderam que em 2020 planeiam “congelar” ou “adiar os aumentos deste ano”, e 14% das empresas consultadas admitiram terem já adoptado “medidas para reduzir a sua força de trabalho” ou estarem em vias de o fazer.

Please Login to Comment.