Inflação na Zona Euro mantém-se em mínimo de 2016 e pressiona BCE

Os preços no consumidor na Zona Euro aumentaram 1% em Agosto, em termos homólogos. Foi a mesma taxa de inflação registada em Julho, um mínimo de Novembro de 2016. Apesar de a taxa de inflação se ter mantido, esta continua a ser a taxa mais baixa desde Novembro de 2016 (0,6%). Esta travagem da inflação nos primeiros oito meses de 2019 (ver gráfico) deverá dar mais motivos para o Banco Central Europeu (BCE) injectar mais estímulos na economia do euro. A inflação subjacente – que exclui os produtos energéticos e produtos alimentares não transformados uma vez que estes são historicamente mais voláteis – também se manteve nos 1,1% em Agosto, a mesma taxa registada em Julho.

Please Login to Comment.