Bancos reduzem 19 mil milhões de crédito malparado desde os máximos de 2016

O total de crédito malparado nos bancos portugueses caiu 19,2 mil milhões de euros entre Junho de 2016, o momento em que atingiu o valor máximo, e Setembro do ano passado, segundo dados divulgados pelo Banco de Portugal. Esta situação deve-se, sobretudo, a uma queda de 12,2 mil milhões de euros nos empréstimos em incumprimento das empresas e 4,6 mil milhões nos de particulares. Os bancos vendem a carteira de crédito malparado para melhorar o seu balanço. Em Setembro passado o crédito malparado nos bancos portugueses representava 11,3% do crédito total, menos 0,4 pontos percentuais do que em Junho, o que se justifica com a “redução do stock de empréstimos non-performing em 1,3 mil milhões de euros”, sobretudo devido à redução do malparado nos empréstimos a particulares para compra de casa que caiu 269 milhões de euros no trimestre.

Please Login to Comment.